OS MELHORES SABORES DE PELOTAS!

PaneMio Goumert

Ambiente aconchegante com cheirinho de coisa boa no ar. Esta é a sensação que se sente ao entrar na Panemio Gourmet.
Ao meio dia servimos almoço com os mais variados pratos. E para os amantes de um bom café aqui é o lugar ideal. Na Panemio Gourmet você pode desfrutar vários tipos de cappuccino acompanhados de tortas doces ou salgadas, além de outras tantas delicias. E quando o friozinho chega, o nosso Buffet de sopas é a melhor pedida para aquecer o corpo.

PaneMio

A Panemio é reconhecida pela qualidade de seus produtos e pela dedicação que atendemos os nossos clientes, seja em Pelotas ou Jaguarão. Aqui você encontra tudo pra deixar o seu café da manhã ou lanche mais delicioso. A variedade de pães, bolos, salgados, tortas ou biscoitos é de deixar qualquer um com água na boca. Salgado ou doce, sempre uma gostosura saindo direto do forno esperando por você.

Delícias

Conheça as destaques da semana.

Nossos produtos são diferenciados, pois são feitos artesanalmente. E a qualidade você comprova no sabor. Ficou com água na boca? Venha nos fazer uma visita e conhecer outras delícias.

Quindim
Sanduíche Marroquino
Bolo Floresta Negra
Pão de Queijo
Milk Shake Ovomaltine
Sonho

NOSSAS DELÍCIAS FEITAS ARTESANALMENTE.
VENHA EXPERIMENTAR!

Dícas

Dicas para você manter sua saúde em dia e a disposição nas alturas.

O outono chegou!

O outono chegou! Veja os principais cuidados que você deve ter com sua saúde nesta época do ano!

Com a chegada do Outono, as mudanças de temperatura, o ar seco e a poluição atmosférica aumentam os riscos de doenças respiratórias. Isso ocorre devido ao aumento na circulação de vírus e bactérias no ar e também porque com o frio, o nosso corpo precisa trabalhar mais para aumentar o metabolismo e manter a temperatura do corpo, fazendo a imunidade diminuir. Confira algumas dicas simples que podem contribuir para a prevenção de doenças!


- Mantenha o organismo hidratado;

- Evite fumar ou se expor a ambientes com muita poeira ou fumaça;

- Mantenha o ambiente arejado e com umidade adequada. Recomenda-se utilizar vaporizador, umidificador, recipientes com água, toalhas úmidas no quarto, passar pano úmido no chão e sobre os móveis, molhar o jardim etc. Umidificadores devem ser utilizados por curtos períodos, evitando assim favorecer a proliferação de fungos e ácaros;

- Lave as mãos com frequência;

- Mantenha as vacinas em dia;

- Utilize roupas adequadas quando houver necessidade de se expor ao ar livre em dias frios;

- Moletons e cobertores guardados podem ser fonte para desencadear crises alérgicas. Lave-os adequadamente antes do uso para evitá-las.

- Evite carpetes e cortinas que acumulem poeira;

- Evite ambientes fechados onde há aglomeração de pessoas;

- Se você tem rinite, asma e doenças crônicas pulmonares procure seu médico para orientá-lo em relação às medidas preventivas e um plano de ação para essa época de ano. Siga corretamente suas orientações.

- Mantenha hábitos saudáveis como tempo de sono adequado, alimentação saudável, exercícios físicos.

Fonte: Unisaúde

O coração pede leite

Quando a bebida e seus derivados têm presença garantida na dieta, fica mais fácil controlar a pressão arterial, perder aqueles quilos indesejados que também fazem mal ao peito e manter distância de um infarto.
Não há dúvidas de que abusar da gordura saturada seja perigoso ao coração. E o leite, em sua versão integral, também carrega a tal da substância. Mas os especialistas se apressam em defendê-lo: é possível, sim, degustá-lo sem riscos dentro de um cardápio equilibrado. "O leite e seus derivados são necessários para um estilo de vida saudável, e nosso organismo precisa de pelo menos 7% das calorias vindas da gordura saturada", afirma o cardiologista Daniel Magnoni, do Hospital do Coração, em São Paulo. "Há alimentos muito mais gordurosos do que o leite que, esses sim, devem ser restritos na dieta, como biscoitos e embutidos", diz a nutricionista Simone Freire, especialista em ciência dos alimentos, de São Paulo.

Para reforçar as vantagens oferecidas pelos lácteos ditos gordos, um estudo da Escola de Saúde Pública Harvard, nos Estados Unidos, acaba de destacar o papel protetor de um tipo de ácido graxo típico do leite integral: o ácido linoleico conjugado, ou CLA. "Há evidências de que ele iniba o acúmulo de gordura e estimule o uso das reservas gordurosas como fonte de energia, facilitando a manutenção do peso", explica Edson Credídio. "No entanto, talvez o CLA seja mais eficaz para quem pratica atividades físicas."

Já deu para entender por que o leite, esse reduto versátil de cálcio, é tão importante. Mas saiba que no Brasil o consumo diário do produto não ultrapassa 50% do que seria o ideal. "As pessoas ainda trocam os lácteos por sucos artificiais e refrigerantes. E o pior é que isso tem ocorrido a partir dos 4 anos de idade, uma das fases em que mais se precisa do leite", observa Simone Freire. Essa defasagem prejudica o depósito de cálcio em crianças e adolescentes e propicia um desgaste precoce da estrutura óssea em adultos. Além disso, a carência do mineral pode ser ainda mais determinante para a hipertensão do que o próprio excesso de sal na dieta. Lembre-se de que não é difícil convidá-lo à mesa devido à variedade de ofertas: queijos, iogurtes, vitaminas...

Só é preciso pontuar que, para aproveitar bem o cálcio, nem todo alimento pode ser consumido com o leite. Alguns nutrientes inibem a absorção do mineral pelo organismo. É o caso do excesso de cafeína e de ferro, presente na carne vermelha. Lanches abastecidos com leite ou derivados, sanduíches naturais e frutas são perfeitos para ingerir ao menos duas horas antes ou depois do almoço e do jantar — refeições que costumam ser contempladas com um bife. O sal também compete com o cálcio. "O sódio em excesso fi ca circulando no sangue e, quando encontra o cálcio nos rins, é capaz de expulsá- lo pela urina", explica Simone.

Ah, nem pense que é possível eliminar a hipertensão investindo em mais cálcio do que o recomendado. "O corpo se autorregula. Se o consumo do mineral é muito alto, sua absorção diminui", avisa Mariana Del Bosco. Existe também um mecanismo de compensação pelo qual o nutriente é mais absorvido nas dietas em que não aparece em grandes quantidades. Exagerar, portanto, é um ledo engano. A receita certa exige que a gente dose bem os alimentos, sempre concedendo um bom espaço à turma do leite. O coração agradece.

Inclua mais frutas na dieta com esses sete hábitos

Adicioná-las às refeições e optar por sucos naturais são algumas das estratégias

Mais do que uma opção saudável de alimento, as frutas são essenciais para o bom funcionamento do organismo. Fontes de vitaminas e minerais, elas deveriam ser consumidas todos os dias em pelo menos três porções. Por isso, se essa regra ainda não faz parte da sua rotina e você quer aumentar a inclusão de frutas na dieta, preste atenção às dicas que as nutricionistas Amanda Epifanio Pereira, do Citen (Centro Integrado de Terapia Nutricional), e Daniela Cyrulin, de São Paulo, sugerem.

Peça suco
A maioria dos restaurantes já oferece opções de sucos naturais no cardápio. Ainda assim, muitas pessoas optam por acompanhar a refeição com um calórico refrigerante. Se você é uma dessas pessoas, saiba que, além de não estar consumindo nenhum nutriente, você está colocando a sua saúde em risco, alerta a nutricionista Daniela.

Por outro lado, não pense que beber sucos naturais é uma alternativa ao consumo do alimento sólido. Isso porque as fibras presentes no bagaço e na casca são, em geral, desprezadas no preparo. Além disso, o suco é muito mais calórico, uma vez que, para produzir o equivalente a um copo, são utilizadas várias frutas.

Café da manhã
Inclua frutas nas refeições
Ricas em nutrientes e também deliciosas, as saladas que combinam frutas e verduras podem ser uma boa saída para aumentar o consumo diário desse alimento. Em alguns casos, a união pode até se complementar, como acontece com a couve verde e a laranja. "O ferro presente no vegetal só é absorvido na presença da vitamina C, encontrada na fruta", explica a nutricionista Amanda.

Ela também sugere incluir frutas logo no café da manhã. Nesse caso, não é preciso qualquer preparação especial para consumo, já que esse momento, em geral, precede algum compromisso. Se houver tempo, entretanto, pratos quentes mais rebuscados para o almoço ou jantar, como lombo agridoce com abacaxi, são uma ótima opção.

Homem comendo maçã
Leve uma fruta com você
"Transportar frutas para o trabalho deve ser encarado como um ato de cuidado com a saúde e com o corpo e não como um fardo ou sacrifício", critica Amanda. Afinal, a maioria das pessoas carrega dezenas de inutilidades em suas bolsas e mochilas. Por que não incluir uma simples fruta?

Se a relutância é o medo de que ela amasse, saiba que há diversos produtos no mercado para auxiliá-lo, desde simples potinhos plásticos até recipientes no formato de cada fruta. Na ausência de protetores, invista na maçã, que é bastante resistente.

Frutas variadas
Coma nos intervalos das refeições
De acordo com as nutricionistas, o ideal é que uma pessoa não passe mais de quatro horas sem ingerir qualquer alimento. Por isso, além das três refeições principais - café da manhã, almoço e jantar - recomenda-se fazer pequenos lanchinhos. "Nesses intervalos, o mais indicado é consumir uma fruta, pois é um alimento rico em micronutrientes e fibras, pouco calórico e com variedades para cada dia", conta Daniela.

Segundo a especialista, todas as frutas são boas opções de lanches, mas quem está seguindo uma dieta deveria evitar o abacate e o açaí, que são bastante calóricos.

Frutas secas
Aproveite as variedades
É inevitável que, em algumas situações, você não tenha tempo de ir ao supermercado ou ainda não tenha se interessado a nenhuma oferta de fruta. Nem por isso você está fadado a passar o dia sem consumi-la. Uma alternativa são as frutas desidratadas. Embora industrializadas, elas também são ricas em nutrientes. Há diversas opções no mercado, como damasco, ameixa, abacaxi e banana.

Outra opção é comprar polpa congelada. Como o processo ocorre bem perto da hora da colheita, a fruta mantém as suas propriedades nutritivas. O importante é não ter medo de experimentar as variedades.

Morangos
Acompanhe a estação
Algumas frutas, como o morango e o caqui, não estão disponíveis o ano todo. A primeira é típica dos meses de junho e julho e o caqui é comum nos meses de maio e junho. Por isso, é importante ter em mente ou mesmo anotar o que é melhor em cada mês. "Frutas sazonais compradas fora de sua época podem desapontar o consumidor, fazendo com que ele não consuma esse alimento", explica a nutricionista Amanda.

Por isso, o ideal é aproveitar a fruta da estação e, na falta dela, é possível ainda encontrar outras opções o ano todo, como banana, laranja, maçã e pêra.

Vitamina
Crie vitaminas
A grande vantagem das frutas é que elas seguem a mesma lei que rege a nutrição: quanto maior a variedade, melhor. Assim, não tenha medo de criar combinações e misturar sabores com água, leite ou verduras. O único problema é que o alimento perde parte de suas fibras ao ser batido no liquidificador. Por isso, o consumo de frutas não deve ser limitado apenas às vitaminas. Fique atento também para não deixar a bebida muito tempo parada. Ela deve ser consumida imediatamente após o preparo.

Fonte: Minha Vida

Contato

Sua opinião é muito importante para nossa empresa.
Você pode utilizá-lo este espaço para fazer elogios, críticas e sugestões sobre nossos produtos.
Para entrar em contato conosco, ligue para uma de nossas filiais ou envie o formulário abaixo preenchido.